Latest Posts

Cartão BNDES

O Cartão do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) é um produto que visa financiar os investimentos das micro, pequenas e médias empresas (MPMEs) e dos microempreendedores individuais (MEIs). Ele se baseia no conceito de cartão de crédito.

Se você busca um auxílio para estruturar melhor a sua empresa, o Cartão BNDES pode ser a opção ideal. Ele te oferece diversas facilidades de créditos e formas de pagamento, além de ofertas exclusivas apenas para os usuários do Cartão BNDES.

Quais são as vantagens do Cartão BNDES

É importante frisar que para poder usufruir de todas as vantagens que o Cartão BNDES tem a oferecer, os MEIs e MPMEs precisam ter um faturamento anual bruto de até R$ 90 milhões e estarem em dia com os tributos federais, alem, claro, de a empresa estar alocada no Brasil.
– Limite de crédito pré-aprovado, concedido pelo banco emissor, de até R$ 1 milhão

– Financiamento automático em até 48 meses, com o pagamento em prestações fixas e iguais

– Taxa de juros atrativa (informe-se no site do Cartão BNDES sobre o valor da taxa vigente no mês)
Diferente dos cartões de crédito tradicionais, o Cartão BNDES tem sua particularidade no modo de usar e onde comprar os produtos.

O portador do Cartão BNDES efetuará sua compra exclusivamente no âmbito do site www.cartaobndes.gov.br, procurando, no catálogo existente, os bens e serviços que lhe interessam, e seguindo os passos indicados para a compra. Isso torna as ofertas bastante exclusivas para os beneficiários do Cartão BNDES.

As condições financeiras em vigor são:

– Limite de crédito de até R$ 1 milhão para cada cliente, por banco emissor

– Prazo de parcelamento de 3 a 48 meses

– Taxa de juros pré-fixada (informada na página inicial do site www.cartaobndes.gov.br)

Para poder retirar o Cartão do BNDES, os empresários precisam estar em dia com os seguintes documentos:

– Certidão Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CND) ou Certidão Positiva com Efeitos de Negativa de Débitos relativos a Créditos Tributários Federais e à Dívida Ativa da União (CPEND), expedida conjuntamente pela Secretaria da Receita Federal do Brasil (RFB) e pela Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) (www.receita.fazenda.gov.br).

– Certificado de Regularidade do FGTS (www.caixa.gov.br).

– Comprovação de Regularidade quanto à entrega da RAIS.

– Declaração na qual atestem, em síntese, que estão com a sua situação regularizada perante os órgãos públicos e a legislação pertinentes, conforme modelo disponível no menu “Regras” do site do Cartão BNDES (www.cartaobndes.gov.br).

É importante ressaltar que o cliente pode ter mais de um cartão do BNDES, porém, o seu limite de crédito não pode ultrapassar o valor de R$ 1 milhão com todos os cartões.

Caso você tenha decidido pedir o seu Cartão BNDES, saiba quais bancos podem emitir esse cartão:

Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, BRDE, Caixa Econômica Federal, Itaú, Santander, Sicoob, Sicredi e Banco do Nordeste.

Vale ressaltar que para dar entrada no pedido do cartão em algum desses bancos, a empresa precisa ter uma conta no banco escolhido.

Zingiber officinale

Com certeza tem muita gente se perguntando o que é “Zingiber officinale”? E a resposta é simples para nós é conhecido como gengibre, utilizado na culinária principalmente chinesa e a tailandesa, considerado ainda, uma planta medicinal poderosa!

Zingiber officinale

O gengibre é, na verdade, uma raiz que contém quantidades elevadas de ferro, cálcio, paradol, gingerol um dos mais poderosos antioxidante inclusive é anti-inflamatório, e quando utilizado para tratamento da saúde, apresenta menos efeito colateral que muitos remédios.

Conheça os principais benefícios do Zingiber officinale

O gengibre é estimulante natural, prevenindo o sono;

Melhora dores no estômago, é só passar na área afetada óleo de gengibre m movimentos leves e circulares;

Alivia também sintomas de flatulências;

Pode aliviar sintomas de enjoo durante as viagens, por isso, tenha sempre a mão as cápsulas de gengibre ou a fruta in natura;

Alivia sintomas de náuseas durante a gravidez que podem ser combatidos com as cápsulas, a fruta in natura e até mesmo uma chá apenas para inalar. Na dúvida consulte antes o ginecologista;

Mastigar um pedacinho da raiz in natura ajuda a desinflamar a garganta e aliviar dor de dente;

Melhora a circulação e ainda, reduz problemas associados a inflamações;

Pode ser feito um chá para ser usado em compressas sobre locais doloridos como as juntas, músculos, ou, batidas;

É ótimo para aliviar dores de cabeça causadas pela pressão alta;

Na forma de balas, chá ou comprimidos combate gripes e resfriados;

É possível encontrar o óleo essencial de gengibre para usar como creme pós-barba;

Misturar 3 pedacinhos de gengibre e colocar numa garrafinha com 500 ml de água e suco de 1 limão, é um dos melhores termogênicos naturais que existem e de efeito diurético sensacional!

Na culinária, o gengibre tem uso diversificado. Pode dar sabor picante a pratos salgados como pães, biscoitos, molhos, carnes, peixes, entre outros, podendo ser usado também para fazer a diferença no gosto do quentão brasileiro;

Algumas bebidas alcoólicas podem receber o gengibre na preparação como sidras, vinhos e licores;

Advertências sobre o Zingiber officinale

Pessoas que tiverem alguns dos problemas abaixo relatados não devem fazer uso do produto em nenhuma forma. Veja quais são:
Que estão com febre alta, com azia, hemorragia interna ou úlceras.

Efeitos colaterais do Zingiber officinale
Podem ocorrer esporadicamente casos como vômitos, diarreia, azia, irritação da boca, dor de estômago, erupção cutânea, urticária, coceira, inchaço na boca, no rosto, lábios ou língua, dificuldade para respirar e batimentos cardíacos irregulares.

No caso de dúvidas consulte antes um médico.